Legislativo participa de reunião entre Administração e representantes de professores em greve

Sessão Ordinária16.03.20

Sindicato e comissão que representa os grevistas tentaram negociação, mas governo manteve a mesma proposta

Img 1351

A maioria dos vereadores esteve presente no encontro realizado no final da manhã desta segunda-feira(16) para tratar sobre a paralisação dos profissionais da rede municipal de ensino, que completa 11 dias. Na sala de reuniões da prefeitura, com a participação da Secretária de Educação Eliane Cantele e do prefeito em exercício Jorge Piccinin, foram apresentados os panoramas contábeis das propostas.

Com uma projeção de arrecadação de R$ 63 milhões, para este ano, foram demonstrados os índices da Folha de Pagamento de salários dos servidores. Cumprindo os 12,84% de reajuste, estabelecido em âmbito nacional, de acordo com a projeção apresentada pela Administração Municipal, o comprometimento com a Folha chegaria a 54,10%, limite máximo prudencial estabelecido pela Lei de Responsabilidade Fiscal.

Já com a proposta mantida do governo municipal, 3% em Abril e mais 3% em agosto, com R$ 50 de vale alimentação, o comprometimento seria de 52,76%. Como o valor apresentado de receita é uma projeção, foi discutido condicionar um reajuste maior com a possibilidade de aumento da receita, ao máximo que ela permitir, até que se chegue aos 12.84% de reajuste. Mas as partes não chegaram a um consenso e a greve continua.

A assembleia para definir uma nova proposta por parte do Sindicato dos trabalhadores no serviço público municipal (Sitespm- Chr) será realizada na manhã de terça-feira(17). Durante a reunião a presidente do Legislativo, Queila Baretta, se manifestou. “Essa oportunidade de diálogo que nós do Legislativo esperávamos da Administração. E seguimos esperando um entendimento entre as partes nessa negociação, para que ninguém seja mais prejudicado”.

Também estiveram presentes os vereadores Antonio de Medeiros, Carlos de Sennes, Fabricio Zorzi, Germino Gotardo, Tiago Kosinski e Vilmar Baumgratz. A vereadora Carla Kleinebing justificou sua ausência.

Img 1379
Img 1360
Img 1363