Lucas Sernajoto e Marcil Pompeo buscam recursos e emendas parlamentares na Capital

Agenda do Presidente17.10.17

Entre as audiências marcadas, eles se reúnem no Deinfra (Departamento Estadual de Infraestrutura) para buscar uma solução para o caso da rodovia SC-155, no trecho urbano de Abelardo Luz.

O presidente da Câmara de Vereadores de Abelardo Luz, Lucas Sernajoto e o vice-presidente Marcil Pompeo da Silva viajaram nesta terça-feira (17) a Florianópolis, onde cumprem uma extensa agenda até sexta-feira (20).

“A capital é o centro do poder e onde as coisas acontecem, onde o vereador também tem que estar, principalmente em busca de emendas parlamentares, que são cotas que os deputados têm à disposição para emendar no orçamento”, conta Sernajoto.

Segundo o presidente também vai ser tratado sobre a questão do Fundam 2, que vai ser liberado agora pelo governo do estado para socorro dos municípios. “O prefeito Wilamir Cavassini solicitou que procurássemos nossos deputados para conseguir emendas e o Fundam que vai vir para melhorias da infraestrutura urbana no município”, esclarece.

SC-155

Entre as audiências marcadas, eles se reúnem no Deinfra (Departamento Estadual de Infraestrutura) para buscar uma solução para o caso da rodovia SC-155, no trecho urbano de Abelardo Luz.  Atualmente o município enfrenta muitas dificuldades para regularizar e aprovar edificações novas e consolidadas no trecho da rodovia devido às medidas da faixa de domínio, ou seja, devem obedecer às normas estaduais de regularização e aprovação, consistindo em 20 metros da faixa de domínio do Deinfra e mais 15 metros da faixa não edificante municipal, totalizando 35 metros para cada lado, a serem contados a partir do eixo da rodovia.  

“Atualmente os proprietários estão sem alvará de construção, de funcionamento e habite-se, pelo fato de que as construções foram realizadas dentro da faixa de domínio da rodovia, o que impossibilita a regularização das mesmas e, ainda, inviabiliza que os proprietários realizem novas edificações, deixando os imóveis sem qualquer utilidade econômica”, conta.

Sernajoto e Pompeo participam, ainda, de audiências no Badesc, na secretaria da Agricultura, e outras secretarias, para levantar os recursos que podem ser trazidos  para Abelardo Luz, em benefício da sociedade.