Presidente do Legislativo propõe uso de emeda impositiva para compra de aparelhos de ventilação pulmonar

Comunidade24.03.20

Reunião contou com a presença de vereadores, prefeito em exercício, representantes do Hospital Rogacionista e Comitê Municipal de Combate ao Covid 19

Img 1421

Na manhã desta terça-feira(24), foi realizado no plenário Arno de Andrade, um encontro para definir a compra de aparelhos para enfrentamento da pandemia do Covid 19, convocado pela Administração municipal. Representantes do Hospital Rogacionista propuseram a compra de dois aparelhos de ventilação mecânica que estimula a respiração pulmonar em pacientes com quadro críticos e mais dois aparelhos de eletrocardiograma.

“Esses aparelhos irão ajudar muito em casos de tratamento de pacientes que contraírem o vírus. Ele é fundamental no tratamento intensivo. Mas quero deixar claro que não há caso confirmado nem suspeito em Abelardo nem na microrregião” destacou o médico e diretor técnico do Rogae DR. Sandro Bichofe.

De acordo com levantamento apresentado pela secretaria de Saúde os aparelhos custam entre R$ 80 e R$ 300 mil. Porém, o respirador está escasso no mercado. A presidente do legislativo, Queila Baretta, propôs a utilização do recurso, já aprovado pela Câmara, das Emendas Impositivas para a compra dos equipamentos.

“Esse recurso que seria destinado para obras de infraestrutura, nós abrimos mão e pedimos que o Executivo utilize para comprar os aparelhos. São R$ 250 mil que já estão no orçamento do município”.

A proposta foi aceita pelos demais vereadores presentes, Antonio de Medeiros, Carlos de Sennes, Fabrício Zorzi, Germino Gotardo, Isabel de Andrade e Tiago Kosinski e também pelo prefeito em exercício, Jorge Piccinin. Integrantes do Comitê Municipal de Combate ao Covid-19 também participaram da reunião.

Img 1418
Img 1398