Projeto Parlamento Jovem é protocolado na Câmara de Vereadores

Parlamento Jovem03.04.17

O projeto, de iniciativa de Sernajoto, cria o Parlamento Jovem, composto por estudantes do ensino médio que estejam cursando o 1º ou o 2º ano das escolas estaduais e particulares do município, em número de onze componentes, o mesmo de vereadores eleitos.

O presidente do Legislativo de Abelardo Luz, Lucas Sernajoto e os vereadores Marcil Pompeo da Silva, Fabricio Zorzi e Isabel de Andrade protocolaram na manhã desta segunda-feira (3), na secretaria da Câmara, o Projeto de Decreto Nº 01 /2017, que institui o Parlamento Jovem em Abelardo Luz.  

O projeto, de iniciativa de Sernajoto, cria o Parlamento Jovem, composto por estudantes do ensino médio que estejam cursando o 1º ou o 2º ano das escolas estaduais e particulares do município, em número de onze componentes, o mesmo de vereadores eleitos.

Segundo o projeto, a escolha dos alunos para o Parlamento Jovem será feita por sorteio e diretamente proporcional ao número de estudantes matriculados em cada escola participante, visando manter a representatividade entre todas as instituições. No caso dos suplentes será aplicado o mesmo critério.

O Parlamento Jovem de Abelardo Luz terá duração de seis meses e, neste período, serão realizadas sessões abertas ao público que deverão ocorrer mensalmente, em dia e horário, estipulados por calendário expedido pelo presidente da Mesa Diretora da Câmara de Abelardo Luz.

O presidente da Câmara explica que nos anos eleitorais o Parlamento Jovem de Abelardo Luz poderá ser realizado no primeiro semestre, para não conflitar com o período eleitoral.

Conforme Sernajoto, o Projeto Parlamento Jovem tem por objetivo possibilitar aos alunos de ensino médio de escolas públicas e particulares a vivência do processo democrático, mediante à participação em sessões no Legislativo, em que os estudantes tomam posse e atuam como vereadores.

O presidente conta que a proposta garante aos jovens a oportunidade de desenvolverem habilidades de argumentação e respeito à diversidade de opiniões, além de construir um olhar mais crítico sobre a realidade do município e suas necessidades, levantando os problemas e propondo soluções, semelhante à atuação dos vereadores eleitos.

149124132721749