Vereadoras homenageiam mulher, mãe e exaltam conquistas ao longo do tempo

Sessão Ordinária08.03.19

Direito ao voto foi uma das grandes conquistas políticas

Img 7246

Em tribuna, na última sessão Ordinária(7), as vereadoras homenagearam as mulheres pelo Dia Internacional da Mulher celebrado nesta sexta-feira, 8 de março. Isabel de Andrade foi a primeira a discursar e lembrou as conquistas e do que ainda precisa ser avançado na questão da segurança da mulher.

“Se existe esse dia é porque teve muita discriminação, muitas mulheres morreram, muitas foram escravas, a mulher não votava e isso foi conquistada com muitas lutas. Aqui na região precisamos de uma delegacia da mulher, pois a violência contra a mulher ainda é muito grande aqui. Fico muito feliz por nós três, Queila e Carla estarmos mostrando nosso potencial”.

 

A vereadora Carla Kleinebing se emocionou ao falar de sua mãe e destacou as particularidade das mulheres. “O coração das mulheres é diferente de qualquer outro que habita no interior de todos os seres. É por isso que hoje reconhecemos a parte positiva do mundo, tal como ele é! E podemos ter certeza que ele ficará ainda melhor. A mulher é vida, ela dá a vida. Deveríamos agradecer todo dia a dádiva que eles nos deu. A mulher, a nossa mãe, nossa filha, a nossa esposa”.

 

Queila Baretta, Presidente do Legislativo, deixou uma mensagem às mulheres de que façam as suas escolhas em busca de seus ideais. “Como mulher decidi viver de escolhas e não de chances. Optei por ser motivada e não manipulada. Ser útil e não usada. Me sobressair e não competir. Eu escolhi o amor próprio e não autopiedade. Escolhi ouvir minha própria voz, não a opinião dos outros. Descobri que ser mulher é ser livre, é ser líder e sonhadora do próprio destino.  Em nome do Legislativo, desejo a você mulher, um Feliz Dia Internacional da Mulher”.

O vereador Vilmar Baumgratz destacou as servidoras Dinora dos Santos, Neila Grosbelli e Vera Brasil da Silva.

Img 7027